• JORNADA DE ORAÇÃO PELO BRASIL - 07 de setembro – dia da Pátria: Vida em primeiro lugar “A paz é o nome de Deus”

Sacramentos

OS SACRAMENTOS DA NOSSA IGREJA

Os sacramentos foram instituídos por Cristo e são sete, a saber:
Batismo, Confirmação, Eucaristia, Penitência ou Confissão, Unção dos Enfermos, Ordem e Matrimonio.
Os sacramentos atingem todas as etapas e todos os momentos importante da vida do cristão: dão à via de fé do cristão origem e crescimento, cura e missão.
 
NA CATEDRAL

CONFISSÕES
Terça, Quarta, Quinta e Sexta-feira: das 09hs às 11hs.
Terça, Quarta e Quinta-feira: das 14hs30min às 17hs.


BATIZADOS:
Quarto Domingo: 10hs – Informações na Secretaria.

CASAMENTOS:
Horários previstos:
Sábado 10hs – 18hs30min – 19hs30min – Informações na Secretaria.

 

BATISMO

O santo batismo é fundamento de toda a vida cristã, a porta da vida no Espírito (“vitae spiritualis ianua” ) e a porta que abre o acesso aos demais sacramentos. Pelo Batismo somos libertados do pecado e regenerados como filhos de Deus, tornamo-nos membros de Cristo, somos incorporados à Igreja e feitos participantes da sua missão. O Batismo é o sacramento da regeneração pela água na Palavra.
 

CONFIRMAÇÃO

Juntamente com o  Batismo e a Eucaristia, o sacramento da Confirmação constitui o conjunto dos sacramentos da iniciação cristã cuja unidade deve ser salvaguardada. Por isso, é preciso explicar aos fiéis que a recepção deste sacramento é necessária para consumação da graça batismal.
Pelo sacramento da Confirmação os fiéis são vinculados mais perfeitamente à Igreja, enriquecidos na força especial do Espirito Santo, e assim mais estritamente obrigados à fé que, como  verdadeiras testemunhas do Cristo devem difundir e defender tanto por palavras como por obras.
 

EUCARISTIA

A santa Eucaristia conclui a iniciação cristã. Os que forma elevados à dignidade do sacerdócio régio pelo Batismo e configurados mais profundamente a Cristo pela Confimação, estes, por meio da Eucaristia, participam com a toda comunidade do próprio sacrifício do Senhor.
Na última ceia, na noite, em que foi entregue, nosso Salvador institui o Sacrifício Eucarístico de seu Corpo e Sangue. Por ele perpetua pelos séculos, até que volte, o sacrifício da cruz, confiando destarte à Igreja, sua dileta esposa, o memorial de sua morte e ressurreição: sacramento da piedade, sinal da unidade, vínculo da caridade, banqueta pascal em que Cristo é recebido como alimento, o espirito é cumulado de graça e nos é dado o penhor da glória futura.
 

PENITÊNCIA E RECONCILIAÇÃO

“Aqueles que se aproximam do sacramento da Penitência obtêm da misericórdia divina o perdão da ofensa feita a Deus e ao mesmo tempo são reconciliados com a Igreja que feriram pecando, qual colabora para sua conversão com caridade, exemplo e orações”.
É chamado sacramento da confissão por que a declaração da confissão dos pecados diante do sacerdote é um elemento essencial desse sacramento.
É também chamado sacramento da Reconciliação porque dá ao pecador o amor de Deus que reconcilia: Reconciliai-vos com Deus ( 2 Cor5,20).
 
 

MATRIMÔNIO

A aliança matrimonial, pela qual o homem e a mulher constituem entre si uma comunhão da vida toda, é ordenada por sua índole natural ao bem dos cônjuges e á geração e educação da prole, e foi elevada, entre os batizados, à dignidade de sacramento por Cristo Senhor
 
 

ORDEM

A Ordem é o sacramento graças ao qual a missão confiada a Cristo a seus Apóstolos continua sendo exercida na Igreja até o fim dos tempos; é, portanto, o sacramento do ministério apostólico. Comporta três graus: o episcopado, o presbiterado e o diaconato.
 

UNÇÃO DOS ENFERMOS

Pela sagrada Unção dos Enfermos e pela oração dos presbíteros, a Igreja toda entrega os doentes aos cuidados do Senhor sofredor e glorificado, para que os alivie e salve Exorta os mesmo a que livremente se associam à paixão e à morte de Cristo e contribuam para o bem do povo de Deus.